Como escolher o local ideal para casar?

1

Quando você imagina o casamento dos sonhos o que vem à sua cabeça? Qual é o local favorito dos noivos? Com quem este momento será dividido? Como será a decoração? Que tipo de música será tocado?

O casamento é um momento único e deixá-lo com a cara dos noivos o tornará ainda mais especial, divertido e agradável. Para isso, um bom local para a realização da festa e da cerimônia é fundamental. Ele será o palco do seu grande dia e o pano de fundo de memórias que durará a vida inteira. Muitas vezes os casais são traídos pelos seus olhos e acabam escolhendo lugares que não tem uma boa estrutura ou estão fora do orçamento.

Atualmente, as opções para realização de um casamento são muitas: em casa, na praia, na fazenda, em um restaurante, hotel, num lugar histórico, no espaço de festas! Com tantas opções os noivos precisam pensar em alguns detalhes relativos ao casamento que determinarão o melhor lugar para a sua realização, como por exemplo: o número de convidados, horário e tipo de cerimonia e a relação custo-benefício. A análise destes itens aliada ao estilo dos noivos é imprescindível antes de fechar o contato.

3

Para que isso aconteça, separamos algumas dicas úteis:

  1. Você já deve ter uma lista preliminar de convidados. Para que possa achar um lugar que aconchegue todos os seus. Afinal, não há nada mais constrangedor do que escolher um lugar pequeno onde não caibam todos os convidados ou os deixem desconfortáveis.
  2. Sempre pergunte sobre a política de horas extras do salão. Não adianta você escolher um local mais barato e acabar tendo que pagar mais em taxas por exceder as horas da festa. Se o local escolhido tiver um horário rígido, encerre a festa meia hora antes do prazo final para dar tempo de todos os convidados irem embora.
  3. Defina todos os custos que o lugar escolhido implicará: se terá que alugar móveis, segurança, hora extra, se há onde estacionar os carros, se há gerador etc. Não adianta escolher um lugar enorme e depois não ter dinheiro para alugar a mobília, certo?
  4. Procure saber o horário de acesso ao local da festa: que horas seus fornecedores poderão  começar a montagem da festa? Até que horas pode ser feito a desmontagem? Se você pretende fazer uma decoração fantástica, cheia de bolas penduras no teto e uma cortina para sua entrada, mas o local só libera a montagem depois das 17hs, e sua festa começa às 19hs, não dá certo? E se você pretende que a festa vá até 7 da manhã, mas o local da festa determina que esteja tudo limpo até às 5hs, você terá que acabar a festa mais cedo. Pergunte tudo!
  5. Vai se casar no verão? Confira o ar condicionado da casa, se realmente dá conta do tamanho do local. Nada pior do que as pessoas ficando com “moleza” porque o ambiente está muito quente! O mesmo pensamento vale para quem está planejando fazer a festa ao ar livre num mês mais frio. O lugar tem aqueles aquecedores? Ou você quer as pessoas indo embora antes por estarem morrendo de frio?5
  6. Conferir os banheiros. Não adianta fazer uma decoração espetacular, e o banheiro do lugar ser horroroso, velho e quebrado.
  7. Perguntar se há restrições, como por exemplo lista de fornecedores e serviços permitidos. Se você sonha em contratar a decoradora “X”, e o local só permite usar as decoradoras credenciadas, é algo para você pensar. Aqui em São Paulo é comum lugares só permitirem fornecedores parceiros do local, especialmente som, decoração, segurança e vallet parking.
  8. Verificar se há restrição à música alta após certo horário.
  9. Há acesso para deficientes físicos e elevador para os idosos? Pense neles.
  10. O local da festa é perto e de fácil locomoção da Igreja escolhida é uma comodidade para os convidados.
  11. Muito importante, saber se o local possui alvará de funcionamento, laudo do corpo de bombeiros, itens de emergências (saídas, extintores e geradores elétricos, etc), cumprimento da Lei 11.986/96 e Lei do Silêncio Urbano, acesso para deficientes e destino correto do lixo produzido. Vira e mexe algum restaurante ou buffet fecha por falta desses itens.
  12. Não se esqueça das áreas ao ar livre O espaço externo é importante. Deve ser agradável, bem cuidado e organizado para receber os convidados e realizar fotos. Colocar sofá ou pufes na área externa é uma ótima ideia para fumantes e para a área do cafezinho, por exemplo.4
  13. Verifique se a cozinha está em bom estado da estrutura (espaço, pias, torneiras, iluminação, portas, ventilação) e equipamentos (fogão, geladeira, freezer, etc.) e higiene.
  14. Tamanho do espaço:dependendo da configuração – jantar, coquetel, ilhas gastronômicas… – o grande espaço do salão que você está vendo vazio pode se tornar apertado. A única maneira de ter uma noção real do espaço é vendo ele cheio durante uma festa. Para isso, pergunte ao diretor do local se você pode dar uma espiada em um evento de tamanho semelhante ao seu.
  15. Estacionamento e transporte:ninguém quer passar pelo incômodo de só encontrar um lugar longe para estacionar e ter que ir caminhando até o casamento. Por isso, certifique-se que o local oferece estacionamento próprio ou nos arredores com vagas suficientes para todos os convidados. Caso a festa seja em um local afastado da cidade, é legal contratar um serviço de transporte para levar e buscar os convidados, para que todos possam se divertir sem ter que pensar em pegar estrada em seguida.
  16. Em muitos locais, as noivas costumam ter uma sala ou um quarto dentro do salão de festas para retocar a maquiagem ou, até mesmo, deixar as malas da lua de mel. É interessante verificar se o espaço a ser alugado possui esse tipo de comodidade para que vocês não tenham que se preocupar com nada além da própria festa.
  17. É importante conversar com a equipe do local, para ter certeza que o espaço comporta tudo o que você deseja para a decoração.2
  18. É importante também fazer um ensaio no local onde será a cerimônia, para que nada saia errado na hora H. Pergunte se o espaço estará disponível na noite anterior ao casamento e se isto está incluído no valor do aluguel.
  19. Muitos lugares trabalham com uma lista fechada de fornecedores e não aceitam que você traga fornecedores de fora ou cobram uma taxa extra por isso. Verifique se os serviços com os quais eles trabalham lhe agradam.
  20. Tenha sempre um Plano B se o seu casamento for acontecer ao ar livre, é necessário que se tenha uma alternativa em caso de mau tempo. Tenha um plano B que lhe agrade tanto quanto a primeira opção, pois ele pode se tornar a sua realidade.

Faça todas as perguntas que julgar necessário para descobrir cada detalhe do seu contrato. Pronto, agora é só encontrar o lugar certo para o casamento dos seus sonhos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s