Casamento na Praia

19654_1355395652_50c9b244dab08

Casar com os pés na areia e o mar no horizonte são o sonho de muitas noivas que fazem questão de ter a natureza como parte da cerimônia. Mas organizar uma festa ao ar livre requer planejamento dobrado, principalmente por causa das condições climáticas, escolha de fornecedores locais e do deslocamento dos convidados.

Muitas praias, já contam com fornecedores na cidade, o que acaba barateando o custo para os noivos, que não precisariam gastar com fretes. Entretanto, a festa na orla pode não ser mais em conta do que na cidade, visto que muitas já são suntuosas e não tem mais o clima de lual.

Então antes de decidir se realmente quer casar na praia, veja esses comentários:

Horário: ponto a ser levado em consideração é o horário da cerimônia, por causa do calor e excesso de luz, a orientação é que a entrada da noiva seja marcada para as 16h. Os convidados costumam ser pontuais, já que a maioria estará hospedada no local da festa ou nas proximidades. Também é importante saber o horário exato do pôr do sol do mês escolhido, pois as fotos após a cerimônia ficam ainda mais bonitas. Dessa maneira, a festa também começa com o anoitecer, o que torna o evento ainda mais gostoso.

Casamento_em_Punta_Cana_Caribe12

Burocracias: A cerimônia que acontece de frente para o mar, ao por do sol, é realmente linda, mas, demanda organização e antecedência. Caso os noivos optem por realizá-la em uma praia pública, devem saber que não estarão livres dos olhares curiosos e precisarão, antes de qualquer coisa, de um alvará da prefeitura para a utilização do espaço. Costuma-se dar entrada com o pedido na prefeitura um mês antes do casamento, mas recomenda-se que o casal evite os meses de alta temporada e feriados, pois além dos hotéis terem tarifas mais caras, os convidados enfrentarão estradas lotadas, fila na balsa e outros estresses.

157536386456711

Condições climáticas: Como o tempo é muitas vezes imprevisível, deve-se considerar a possibilidade de chuva. Por isso, ao escolher esse tipo de cerimônia, é sempre preciso ter um plano B ou recomendar um serviço de previsão de tempo personalizado. Casar-se na praia pressupõe a necessidade de uma cobertura, caso o local não seja coberto. Os toldos são feitos de materiais transparentes, exatamente para que o contato com a natureza não seja prejudicado. Quando os noivos querem a parte religiosa na areia, geralmente, duas horas antes do evento, se avalia o tempo para dar andamento à montagem.

Casamento-Praia-Gaiana-64

Quando casar: a melhor época para realizar um matrimônio no litoral é na primavera, entre os meses de setembro e novembro, quando a temperatura está agradável e não há tanta possibilidade de chuvas. Nos demais meses, a incidência de chuvas é maior ou faz muito frio ou venta demais ou faz muito calor como entre dezembro e fevereiro.

Logística: Para economizar, os noivos devem dar prioridade aos fornecedores locais. O ideal é contratar os serviços da região para viabilizar a logística da festa, como também diminuir despesas com frete, hospedagem e transportes de todos os envolvidos no evento. O valor investido na cerimônia vai depender da quantidade de convidados, é preciso ficar atento aos gastos com coberturas, banheiros químicos e outros itens de infraestrutura.

bertioga

Etiqueta: Tem muito casal que acha que pode convidar 500 pessoas que apenas 200 aparecerão, já que o evento será em outra cidade. Isso não é real! Como os convites são entregues até 60 dias antes do evento, as pessoas se programam para conseguir ir ao enlace. Os noivos devem bancar o transporte e a hospedagem de alguns de seus convidados, como pais, avós ou padrinhos. Se não forem pagar a viagem para todos os convidados, também é bacana que abram o jogo e digam que conseguiram preços especiais em hotéis e pousadas na cidade. Se os noivos não vivem na cidade onde farão a festa, também é imprescindível que indiquem alguns serviços aos seus convidados, como salões de beleza, lojas de aluguel de roupas, pontos de táxi etc.

Embora estejam se popularizando, casamentos na praia ainda são novidade para muitos convidados e, por isso, é fundamental que os noivos indiquem no convite qual o traje que deve ser usado no evento. As assessoras da Ilha de Eventos recomendaram o social sem gravata, como calça, camisa e blazer para eles e vestidos curtos ou médios, lisos ou estampados para elas.

O traje da noiva é um capítulo à parte. As profissionais sugeriram evitar brilhos e salto agulha. “Ela deve evitar o uso de véus longos, principalmente se ventar bastante na praia, para que não levante areia em cima dos convidados”, destacou Amanda, lembrando que o casal pode – e deve – pesquisar como o vento se comporta ao longo do ano na praia escolhida, assim como as marés, para evitar que a festa acabe antes da hora por “motivos de força maior”.

wedding in bali photos 1

O que servir: A recepção varia de acordo com o gosto do casal, mas, caso seja realizada no litoral, é bacana servir ao menos um prato à base de peixes ou frutos do mar para combinar com o ambiente. Doces também são sempre bem-vindos, mas é preciso atenção com os que levam frutas frescas, para que não azedem, e com os de chocolate, para que não derretam.

Para beber, água de coco, sucos de frutas, refrigerantes e água são boas pedidas. Nos alcoólicos, coquetéis, prosecco bem gelado, whisky, caipirinhas e até mesmo cerveja podem ser oferecidos aos adultos. Não acho que cerveja combine com casamento, mas vai muito bem com praia.

Decoração: Ambientação também esta na lista de preocupações dos noivos. Flores sensíveis ao calor devem ser deixadas de lado. Helicônias, alpínias e antúrios costumam se adaptar bem ao calor. Quem prefere uma decoração mais romântica pode escolher por rosas, alstroemérias e gypsophilas. As cores mais vibrantes também combinam com a ocasião, assim como os móveis de madeira.

ffs ilha-mauricio-a-2000-km-da-costa-africana-1273781774135_615x300
Lembrancinhas: Se o mês escolhido estiver quente demais, recomenda-se distribuir lembrancinhas “frescas”. Em caso de calor, é de bom tom entregar leques, chinelos, sombrinhas e servir água de coco na recepção dos convidados.

Convidados: Depois de pensar no tempo, na decoração e no cardápio, quem decide trocar alianças longe de casa tem mais duas tarefas: a locomoção e a hospedagem dos convidados. Antes de tudo, é importante enviar o “save the date” do evento com bastante antecedência, para os convidados se organizarem. Dependendo do orçamento, os noivos podem oferecer transporte e diárias, mas isso não é uma regra. Não é obrigação pagar pela hospedagem de todos, mas é de bom tom indicar hotéis próximos ao local da festa e até negociar tarifas mais em conta. Muitas vezes, quando a festa é no hotel onde todos vão ficar, os noivos pagam uma parte da hospedagem para amenizar os valores para seus convidados. Em alguns casos, os noivos pagam apenas pela hospedagem dos familiares mais chegados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s